4 Erros Graves ao Fazer Uma Campanha de E-mail Marketing Como Afiliado

email marketing como afiliado

O mercado de marketing de afiliados brasileiro deu um salto grande em 2013 com o lançamento de centenas de infoprodutos que antes só poderíamos comprar no fora do país.

Esse crescimento abrupto causou um nó na cabeça de muita gente que tentou se aventurar, por exemplo, na Hotmart. Imediatamente apareceu vários especialistas em vendas como afiliados, pessoas já com certa notoriedade no ramo criando cursos ensinando como trabalhar com afiliação na Hotmart, cursos ensinando a ganhar dinheiro criando blogs e outros mostrando como criar um negócio do zero.

Confesso que não foi fácil acompanhar a quantidade de informações, teorias, segredos, tutoriais, cursos, etc. Era muita gente falando sobre o mesmo assunto e ensinando algo somente para ganhar comissões com as vendas.

Testei muita coisa, por isso criei esse blog com o objetivo de mostrar o que dá certo e o que não dá no Marketing Digital.

No meio de tanta informação, o que ficou evidente e repetitivo foi a criação de listas.

Porém, o que mais eu vi foi gente pulando essa etapa, e hoje reclamam que não ganham dinheiro na Hotmart. Se você é uma dessas pessoa, segue 4 erros graves que impedem um afiliado de ganhar dinheiro sem criar listas de contatos.

E-mail Marketing Como Afiliado

Trabalhar como afiliado de um produto requer uma automação de processos, ou seja, um sistema que funcione e que no máximo precise de se colocar “combustível” para deixar funcionado.

O processo de vendas utilizando o e-mail marketing como afiliado é assim também, uma vez que você constrói sua máquina de vendas de forma errada, é bem provável que ela não funcione, ou seja, não realize as vendas que tanto espera.

Assistindo a um webinário do Nerd Rico onde mostrou 4 erros que destroem as vendas por e-mail, lembrei que entender como fazer o e-mail marketing funcionar é mais complicado do que se imagina.

É necessário:

  1. ter uma página de captura (squeeze page),
  2. uma recompensa digital,
  3. um sistema de e-mail marketing (recomendo a Aweber),
  4. criar e-mails de relacionamento com sua lista,
  5. gerar tráfego para uma página de captura.

Acredito que o passo 4 é o mais complicado de todos, pois é ele quem define se você irá ter poucas, muitas ou nenhuma venda. O relacionamento com a lista de contatos é fator primordial em qualquer campanha de e-mail marketing, por isso, comprar lista de e-mail não funciona.

Os quatro erros que destroem uma campanha como afiliado são:

Erro #1 – Não ter identidade própria

As pessoas buscam soluções para seus problemas e, portanto, querem que autoridades as ensinam como resolvê-los. Ou seja, o seu contato precisa perceber que você sabe o que está falando. É importante criar um estilo de mensagens adequados ao seu público-alvo, veja bem, não é escrever para seu nicho, mas sim para o público correto.

Quem é você dentro do seu nicho de mercado? A resposta dessa pergunta ajudar a criar sua própria identidade.

Explore o gatilho da semelhança e mostre para seu prospecto que você passou pelos mesmos problema que ele está enfrento e diga como resolvê-los.

Exemplo: Você é convidado para um festa, e chegando ao local você percebe que não conhece ninguém (além da pessoa que o convidou), então decide se socializar. Logo encontra um grupo de homem falando sobre futebol, e você, fanático já chega comentando sobre o jogo do final de semana. Aí percebe que outras pessoas no grupo também torcem para o mesmo time que o seu… Booom!

Entendeu como funciona? Outro exemplo seria contar para sua lista uma história emocionante na qual você tem certeza que boa parte irá se identificar, por estar passando por aquele problema X no exato momento.

Seja único na forma que escreve e jamais copie e-mail de outros. É bem comum em dias de lançamentos de produtos vários afiliados enviarem muitos e-mails para sua lista, e por incrível que pareça, alguns e-mails são iguais mesmo sendo enviados por pessoas diferentes. Isso causa repulsa e só faz o “copiador” ser mal visto e perder autoridade.

Erro #2 – Escrever mensagem vaga ou genérica

mensagem vaga

O segredos dos afiliados que vendem muito é justamente estar acima da concorrência, ou seja, fazer diferente e mostrar autoridade sem dizer muito.

Ainda no webinário, o Nerd Rico mostrou como criar chamadas persuasivas e que atrai público qualificado para sua página de captura. Um dos exemplos foi:

Exemplo do que não fazer: “Vou te ensinar a perder peso com um método incrível!”

Exemplo correto:Vou te ensinar a perder 3 quilos num final de semana, sem precisar ir para a academia e nem passar fome!”

Quanto mais clara e específica for a mensagem, melhor.

Erro #3 – Usar linguagem corporativa

Linguagem E-mail Marketing

Evite escrever e-mails formais como se fosse uma empresa falando. Sempre use linguagem pessoal, onde uma pessoa conversa com a outra (1 para 1), chame seu contato pelo nome e escreva uma mensagem como se fosse única e exclusivamente para ele, mesmo que esteja enviando para 5 mil pessoas na lista.

Assine o e-mail com seu nome e sobrenome e não o nome da empresa.

Já estamos cansados de propagandas de grandes empresas oferecendo produtos que não queremos, não é mesmo?

Não fale na terceira pessoa do plural (nós, faremos, conseguiremos, vocês…)

Exemplo bem esdrúxulo: Se você está em um ambiente público, um shopping por exemplo, e vê uma pessoa passando mal. Seu instinto é ajudar o próximo e ao mesmo tempo pedir ajuda para outras pessoas que estão passando por ali. Se você falar “Galera, me ajudem aqui!”, é bem provável que ninguém te ajude. No entanto, quando você aponta especificamente uma pessoa “Fulano, você, me ajude aqui!”, com certeza esse indivíduo irá te ajudar também.

O ponto chave aqui é PERSONALIZAÇÃO.

Erro #4 – Não ter um método para vender

E-mail Marketing Como Afiliado

A ideia do e-mail marketing junto de um autoresponder é automatizar um processo, porém a ferramenta é somente parte do método para vender produtos como afiliado.

Não ter um método concreto e confiável faz com que o afiliado “nade, nade, nade e morra na praia”, não porque o e-mail marketing não funciona, mas sim o método definido que foi mal construído.

O Nerd Rico criou um método próprio para vender por e-mail e são apenas 10 passos que devem ser seguidos:

  • Passo 1 – Descubra o seu avatar
  • Passo 2 – Escolha o Produto para oferecer a este avatar
  • Passo 3 – Aquecimento da sua lista
  • Passo 4 – Mais aquecimento, ganho de autoridade e confiança
  • Passo 5 – Está ficando quente!
  • Passo 6 – Autoridade nas alturas! (Despertar o desejo de compra no avatar)
  • Passo 7 – Enfim, a VENDA!
  • Passo 8 – Um reforço para Aumentar as vendas.
  • Passo 9 – Encerramento Parte 1
  • Passo 10 – Encerramento Parte 2 (Take away)

 

Conclusão

Recapitulando…

Fazer campanhas de e-mail marketing sendo afiliado de um produto digital requer certa habilidade em contar história e fazer uma lista de contatos responsiva.

Não basta apenas gerar leads, é necessário fazer essa lead caminhar por um funil de vendas (sequência de e-mails está nessa etapa) até o final, onde esta irá comprar seu produto.

Cada mensagem tem que ter um toque personalizado, de preferência chamando o prospecto pelo nome.

Esse processo de vendas pode ser demorado em alguns casos, no entato é um método automatizado. Uma vez que você escreve a sequência de e-mails e começa a gerar tráfego, não precisa fazer mais nada, teoricamente. Apenas apertar o botão “ligar”.

About the Author

Felipe Nascimento
Empreendedor Digital. Blogueiro há 8 anos. Hoje vive da experiência adquirida com seus blog para dar dicas de como ganhar dinheiro na internet.
mautic is open source marketing automation