As Maravilhas de Trabalhar com Marketing de Afiliados

marketing de afiliados para iniciantes

 

Desde que comecei a trabalhar com Marketing de Afiliados no final de 2012 o mercado mudou bastante, é uma mistura de profissionalismo e amadorismo absurdo e muita gente ainda não entendeu o que está fazendo na internet, o mais importante é vender qualquer coisa e de qualquer jeito.

Não seja mais um no meio da multidão gritando sem ninguém te ouvir!

É importante saber “o porque” de está fazendo, seja divulgar um produto no Facebook, Youtube, E-mail marketing, etc. Saber como cada etapa da venda na internet acontece é imprescindível para que não cometa erros, como fazer spam.

Acredite, muitos veem Top Afiliados ganhando dinheiro e tenta copiar, mas tomando um atalho. E este atalho é ir em todos os lugares possíveis fazendo spam. Todo dia alguém posta um comentário de spam aqui no blog e me irrita demais.

Espero que esteja claro na sua cabeça agora que para atingir sucesso em construir um negócio na internet é realmente importante que entenda porque está fazendo isso.

Está apenas tentando ganhar uns trocados?

Está experimentando algo novo para ver no que vai dar?

O que você vai fazer no seu negócio que irá ajudá-lo a se sentir bem todos os dias?

Uma coisa que você provavelmente já sabe é que existe muitas formas diferentes de ganhar dinheiro na internet. Você pode ter um blog, trabalhar como Afiliado, criar cursos online, etc.

Ainda pode fazer coisas mais tangíveis como softwares e vender produtos físicos. Isso é com você!

Pense nisso!

Espero que tenha pensado em todas as formas possíveis de ganhar dinheiro na internet que citei, porque agora vou falar sobre meu modelo de negócios favorito e ideal para iniciantes em marketing na internet. É o Marketing de Afiliados.

O que é Marketing de Afiliados?

Obviamente, a primeira que devemos enfrentar é, “O que exatamente é marketing de afiliados?”. Basicamente, marketing de afiliados é comissões sobre vendas. Nesse tipo de negócio, afiliados seguem estratégias para encontrar consumidores e, então, levam-os para websites onde esses consumidores podem comprar um produto.

Para ser honesto, nem sempre o marketing de afiliados é sobre vendas. Às vezes você é pago por gerar leads (contatos) simplesmente.

Quando o primeiro passo é encontrar consumidores, há duas coisas básicas que as pessoas geralmente fazem. A primeira coisa é (e eu não recomendo inicialmente) comprar tráfego em sites serviços como Google Adwords, Bing Ads, Facebook Ads ou outro tipo de publicidade diretamente para uma página de vendas do produto e torcendo para acontecer uma venda.

Nesse método de marketing de afiliado você está torcendo que seu investimento de R$1 em publicidade retorne no mínimo R$ 1.01 ou mais em comissões.

Esse é o modelo de tráfego pago onde você gasta dinheiro para fazer dinheiro, e pode de fato ser muito lucrativo. Porém, é uma maneira bem conhecida de perder muito dinheiro e rapidamente. Então, enquanto esse é um modelo válido e muito usado por afiliados experientes, claramente não é uma maneira recomendada para você começar a trabalhar com marketing de afiliados.

Calma, vai chegar o momento de usar o potencial do tráfego pago para por dinheiro no seu bolso.

Marketing de Conteúdo

Eu sempre recomendo os iniciantes no marketing de afiliados começarem com conteúdo baseado no tráfego orgânico. O que isso significa? Deixe-me explicar.

Ao invés de jogar o potencial cliente diretamente para uma página de vendas do produto, e sabendo que provavelmente ele não irá comprar logo de cara, é necessário criar conteúdo para gerar um engajamento com esse usuário.

Esse conteúdo pode ser artigo, assim como este que você está lendo, e qualquer outra forma de mídia. E só depois encaminhar o usuário para a página de vendas.

Estou falando de apenas uma maneira que você pode começar a trabalhar como afiliado, e que eu acho bem válido para criar um negócio sustentável.

Por exemplo, aqui no blog tem vários artigos que recebem tráfego todos os dias, e em alguns deles recomendo alguns cursos, é assim que consigo o monetizar o blog. Se alguém interessado em tal assunto compra o curso que indico, então recebo uma comissão. Simples assim!

Não fico enchendo o saco de ninguém pedindo nada e nem fico fazendo spam por aí.

Assim é um ganha-ganha, porque o conteúdo que escrevo é relevante e de valor, de tal forma que as vendas acontecem naturalmente.

É por isso que meu modelo de negócios favorito é baseado em blogs. Eu ajudo pessoas escrevendo conteúdo que ajuda, que responde dúvidas e que é relevante. E assim, posso recomendar produtos que irão ajudar ainda mais o leitor.

Em resumo é o seguinte: AJUDAR sua audiência é o caminho para fazer vendas e em troca ser remunerado por isso.

Mas de onde as pessoas vem?

A grande questão é: Se você não está comprando tráfego, como as pessoas chegam ao seu site?

Para afiliados iniciantes, criar um blog não é a maior dificuldade, mas atrair visitas. Assim, muitos escrevem artigos e esperam o Google indexar essas páginas e rezam mais um pouco para que pessoas digitas palavras chaves e sejam direcionadas para seu blog.

O tráfego orgânico é a forma mais prática de atrair público gratuitamente.

Tenho um site sobre maneiras diferentes de se ganhar dinheiro na internet chamando BrasilDinheiro.com. Nesse site eu dou muitas informações valiosas e que tem ajudado milhares de pessoas todos os meses.

Um dos artigos mais lidos é sobre importação de roupas. Como resultado desse conteúdo o Google me premiou com a primeira página em várias keywords, mesmo eu tendo uma concorrência grande para esse tipo de nicho. Assim, recebo mais de 50 mil visitas por mês sem fazer nada, apenas com tráfego orgânico.

As vantagens do Marketing de Afiliados

Agora que você já entende as principais ideias por trás do marketing de afiliados, deixe-me falar porque eu considero este um grande modelo de negócio, especialmente para iniciantes.

1. Você não precisa ter seu próprio produto.

Criar um curso ou escrever e editar um ebook para venda dá um trabalho que muitas pessoas não estão dispostas a passar. Isso sem falar em todas as questões envolvidas no pós venda e que dão muita dor de cabeça.

É por isso que eu gosto do marketing de afiliados, você apenas escolhe um produto que paga boa comissão e envia tráfego para a página de vendas. Além disso, há centenas de produtos oferecidos por marketplaces como a Hotmart e Eduzz. Ou seja, não há necessidade nenhuma de criar seu próprio produto inicialmente. Aproveite seu tempo para aprender como tudo funciona e poupe-se de trabalho extra.

1. Não é necessário pedir dinheiro emprestado para investir

Começar é muito simples, e todo o processo entre cliente e produto é feito pela empresa que cuida dos pagamentos. O afiliado não precisa saber lidar com cartões de crédito, boletos, taxas e toda essa burocracia. Assim, o processo de ganhar dinheiro na internet é imensamente simplificado.

3. Você não precisa lidar com atendimento ao consumidor

Bom, nesse caso a parte do suporte é com a empresa que representa o produto que o afiliado está promovendo. Mas, em produtos digitais geralmente o afiliado acaba sendo o primeiro suporte ao cliente. Então, é bom estar preparado para gastar algumas horas no Skype, Email ou até mesmo no Facebook ajudando o cliente.

Os melhores afiliados estão atentos a isso e tem um canal específico para suporte ao cliente. Esse tipo de atendimento  faz com que o cliente compre vários outros produtos com o mesmo afiliado. Porém, o que envolve o dinheiro, como reembolsos e problemas no pagamento somente podem ser feitos pela empresa que representa o produto, o afiliado não consegue fazer nada disso.

4. Baixo investimento inicial

Provavelmente a melhor coisa no marketing de afiliados é o baixo investimento que precisa ser feito para começar. Tudo o que você precisa é um pequeno site e tempo para estrutura a campanha de marketing do produto que irá trabalhar.

Ok, falando assim é bem superficial, pois esse pequeno site envolve páginas de captura, landing pages, blog, etc…

E tudo isso dá um certo trabalho para fazer, mesmo usando sistemas prontos como o Lead Lovers que facilita bastante esse processo, pois já tem tudo pronto.

Em resumo, se você tem R$ 30 – R$ 50 no bolso já pode começar agora mesmo no marketing de afiliados.

De fato, é possível começar sem investir nada. Mas eu não recomendo que faça isso, porque eu acredito que todo afiliado deve ter uma base para seu negócio e para isso é necessário adquirir ferramentas.

Aqui está a melhor parte de trabalhar com marketing de afiliados

Por final, e não menos importante, o marketing de afiliados permite que você facilmente alinhe seu negócio com seus interesses.

Se você é um personal trainer e sabe muito sobre exercícios para ganho de massa muscular, seria bem complicado começar investindo em uma academia, pois até mesmo franquias custam alto e tem retorno a longo prazo.

Mas, você pode começar com um blog ensinando gratuitamente como é possível aumentar a massa muscular sem passar horas na academia e em seguida recomendar um produto ou curso mais detalhado. Sua audiência irá adorar essas dicas.

Dessa forma você começa fazendo algo que entende e ainda é recompensado.

Mesmo que você não trabalhe com marketing de afiliados eternamente, é sempre bom aprender como o mercado funciona, isso irá ajudar futuramente não importa qual modelo de negócio trabalhe depois. Em qualquer modelo de negócios na internet há sempre a oportunidade de oferecer produtos para sua audiência.

Aprenda como esse modelo de negócios funciona é um bom começo para ganhar seus primeiros Reais online.

Felizmente, hoje existem diversos curso que ensinam todo o processo para iniciar no marketing de afiliado e realizar as primeira vendas. Eu sou muito fã de dois:

About the Author

Felipe Nascimento
Empreendedor Digital. Blogueiro há 8 anos. Hoje vive da experiência adquirida com seus blog para dar dicas de como ganhar dinheiro na internet.
mautic is open source marketing automation